Boletim 03/2015 – Sobre a Criação de 36 CCs

Prezados Colegas,

Em relação ao Projeto de Resolução que cria 36 cargos de Assessor Parlamentar de Gabinete (Processo 549/15 – PR 9/15), o Sindicâmara tem algumas ponderações. Primeiramente, a atual gestão do Sindicato é pautada pelo diálogo, pois acreditamos que uma postura belicosa não ajuda em nada a construir um caminho em conjunto com a Administração da Casa na busca de soluções em prol de nossa categoria. Todavia, o Sindicâmara não deixa de receber essa notícia com um certo receio, tendo em vista que haverá impacto financeiro sobre os gastos com pessoal. Nesse sentido, estamos agendando encontro com o Presidente da Câmara com o intuito de esclarecermos essa questão, que vem causando preocupação aos funcionários da Câmara, e a fim de reiterar a necessidade de apoio da atual Administração da Casa em questões de extrema importância aos servidores, como por exemplo: o novo Plano Classificado de Cargos e Salários (PCCS), a adequação da carga horária semanal para o regime especial de trabalho, uma solução para o problema das horas-extras e da insalubridade, a criação de um Plano de Incentivo à Aposentadoria para auxiliar na viabilização financeira do novo PCCS, o efeito cascata, o pagamento da URV, e tantos outros que precisarão ser tratados ao longo desse ano. Por fim, esclarecemos a todos que, conforme informação da Diretoria Legislativa, o referido projeto não irá a votação no dia de hoje, como vinha sendo especulado, uma vez que o mesmo precisará cumprir os requisitos legais de tramitação. Assim que tivermos um retorno de nossa solicitação de audiência junto à Presidência desta Casa, daremos o retorno a vocês. Estamos atentos e seremos firmes na defesa dos interesses de nossa categoria.

Porto Alegre, 20 de abril de 2015.

Sindicâmara – Diretoria